Nota Oficial

Sobre abordagem de policiais a estudantes no campus da Cidade Universitária

A Reitoria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) tomou conhecimento — por postagens da Associação de Pós-Graduandos (APG-UFRJ) em rede social — de denúncias de que policiais militares teriam feito uso de truculência no campus da Cidade Universitária na última quinta-feira, 29/8. O uso da força teria se dado enquanto alunos se manifestavam contra bloqueios orçamentários e cortes de bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). 

A Reitoria iniciou a apuração dos fatos prontamente, com a análise de imagens. A Prefeitura Universitária (PU) se reunirá com o 17º BPM. A Reitoria também se encontrará com a APG-UFRJ.

Frisamos que defendemos, incondicionalmente, a liberdade de expressão e o direito de manifestação. Não autorizamos quaisquer tipos de abordagem a estudantes por parte de policiais dentro dos campi da Universidade. A Reitoria está sempre aberta a questões que se relacionem à liberdade de expressão de sua comunidade universitária, porque entende que o ambiente acadêmico é, justamente, o espaço propício para a pluralidade de ideias e a expressão do pensamento. 

 

1/9/2019 
Denise Carvalho
Reitora da UFRJ