Curso para formação de mediadores do Museu Nacional

Entre os dias 22 de fevereiro e 4 de março, acontece o V Curso de Formação de Mediadores do Museu Nacional (MN). O principal objetivo é formar e aprimorar a atuação desses profissionais em museus de ciência, especialmente no Museu Nacional, além de apresentar o setor educativo do MN, seus programas e projetos educativos. O curso pretende também caracterizar os museus como espaços de educação, debater acerca do papel dos mediadores nos museus de ciência, promover discussões sobre a acessibilidade em museus e capacitar os mediadores para lidar com a diversidade de públicos.

Ao longo da primeira semana serão abordados os seguintes temas: Educação Museal; Relação Museu−Escola; Mediação Humana em Museus; Acessibilidade; Desenho Universal; Deficiência Intelectual; Surdez; Audiodescrição em Museus; Estudos, Público e Avaliação; Museus e suas Diferentes Audiências;  História do Museu Nacional.

Já na segunda semana serão realizadas visitas técnicas às diferentes salas de exposição do MN. Elas serão conduzidas por professores, curadores e especialistas nos temas abordados pelas exposições. Serão contemplados aspectos referentes à Geologia e Paleontologia (História da Terra, Dinossauros, Megafauna Extinta, Paleoarte e Paleobotânica); Meteorítica; Arqueologia (Egito Antigo, Culturas do Mediterrâneo, Culturas Pré-Colombianas); Arqueologia Brasileira (Caçadores−Coletores, Povo de Luzia, Sambaquieiros e Horticultores); Antropologia Biológica (Evolução Humana); Etnologia (Grupos Indígenas Brasileiros, Culturas do Pacífico e da África); Biologia Marinha e Entomologia.

O Curso de Extensão é gratuito, uma iniciativa da Seção de Assistência ao Ensino (SAE) do Museu Nacional. Podem se inscrever estudantes de graduação da UFRJ, graduandos de universidades públicas e particulares, guias de turismo e professores dos diferentes segmentos das redes pública e privada. As atividades serão realizadas no Museu Nacional, no período das 9h às 16h, com carga horária total de 70 horas. Para receber certificação, será exigida uma frequência igual ou superior a 75%. As inscrições poderão ser realizadas até o dia 31 de janeiro  com o preenchimento do formulário eletrônico no site do SAE.

Fonte: Seção de Assistência ao Ensino (SAE) do Museu Nacional