PEC 241 será catastrófica para a educação pública, diz reitor

Gabriela d'Araujo
Reitoria - Foto: Gabriela d'Araujo

O governo federal interino enviou ao Congresso, em 15 de junho, uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC 241) que prevê o congelamento dos gastos sociais por 20 anos.

Investimentos em Educação, Saúde e Previdência, direitos básicos garantidos pela Constituição, passariam a ter um teto limitado a valores dos anos anteriores corrigidos apenas pela inflação.

Roberto Leher, reitor da UFRJ, disse que a medida inviabiliza a possibilidade de manutenção do sistema público de educação no país. Veja a entrevista que ele concedeu ao Conexão UFRJ.