Prefeitura usará WhatsApp para segurança no campus

A Prefeitura da UFRJ vai passar a receber pela rede social WhatsApp – (21) 99413-3385 –informações sobre ações violentas e crimes ocorridos na Cidade Universitária. O anúncio foi feito pelo prefeito Paulo Mario Ripper no encontro com o secretário estadual de Segurança Pública, Roberto Sá, no fim do mês passado.

O aplicativo será um novo instrumento para ajudar a polícia a identificar e prender assaltantes, pois as fotos, vídeos e descrições detalhadas serão repassados diretamente para o 17º BPM (Ilha do Governador) e também poderão ser utilizados em investigações da 37ª DP (Ilha do Governador). A iniciativa é uma forma encontrada pelo prefeito da UFRJ para atenuar a onda de crimes que voltaram a acontecer na Universidade.

Segundo Ripper, é muito importante que as pessoas usem o aplicativo de forma segura, evitando correr riscos em situações tensas, que envolvam a vida das vítimas e de quem está sofrendo um ataque de criminosos. "Outra coisa importante é evitar o uso indevido do aplicativo. Vale lembrar que uma falsa comunicação, além de trazer prejuízo ao serviço, é crime.”

O prefeito lembrou que o canal continuará a receber manifestações relacionadas ao transporte, ao trânsito, ao meio ambiente e à manutenção urbana. "Da mesma forma como adotamos o WhatsApp para melhoria na prestação dos serviços pela Prefeitura da UFRJ, vamos em busca de alternativas para melhoria da segurança no campus com o auxílio de tecnologia", concluiu Paulo Mario Ripper.