Instituições científicas do Rio pedem revisão de orçamento a deputados

O reitor da UFRJ, Roberto Leher, reuniu-se em Brasília nesta quarta-feira (13/9) com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e parlamentares da bancada federal do Rio de Janeiro para tratar do orçamento e de outras questões relativas às Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) do estado.

Leher reivindicou que a Comissão de Orçamento da Câmara assegure como patamar mínimo para o ano que vem o orçamento de 2016, com valores corrigidos, assegurando recursos de investimento e custeio para a Universidade. O pedido tem como referência o posicionamento da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior no Brasil (Andifes).

“Há expectativa positiva de interlocução com a Câmara no que diz respeito à luta contra a redução no orçamento. Rodrigo Maia priorizou essa agenda, viabilizando a reunião com a urgência devida”, disse Leher.

Além da UFRJ, outras instituições participaram da reunião: Jefferson Azevedo e Fernando Antonio Abrantes, pelo Instituto Federal Fluminense, e Ronald Shellard, pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas. Os deputados Jandira Feghali, Hugo Leal e Simão Sessim também estiveram no encontro.

Roberto Leher apresentou ao presidente da Câmara a necessidade de contratação de pessoal para viabilizar a abertura de mais leitos nos hospitais da UFRJ. Segundo o reitor, o tema será trabalhado pelo gabinete de Rodrigo Maia, a fim de construir uma agenda positiva para o Rio de Janeiro.

Novo encontro está marcado para o final do mês

“Foi uma reunião muito boa e nós já agendamos um novo encontro para detalhamento dos encaminhamentos, no dia 22 de setembro, com reitores e presidentes dos institutos de pesquisa e Fiocruz”, disse Leher, acompanhado da coordenadora adjunta de relações externas da UFRJ, Nadine Borges.

A nova reunião será no Rio de Janeiro com a bancada do estado e os representantes do Fórum Rio – Alternativas para a Crise, grupo criado em julho deste ano.