UFRJ é novamente eleita a melhor universidade do Brasil

Roberto Leher

Reitor comenta resultado e destaca “vivacidade acadêmica” da UFRJ; ranking da Folha de São Paulo foi divulgado nesta segunda (18/9)

A UFRJ foi eleita a melhor universidade do país pelo segundo ano consecutivo no Ranking Universitário Folha (RUF), do jornal Folha de São Paulo.

A lista classifica 195 instituições do país, a partir de indicadores de pesquisa, ensino, mercado, internacionalização e inovação. UFRJ, Unicamp, USP, UFMG e UFRGS aparecem como as cinco mais bem avaliadas.

“Estamos muito orgulhosos com o fato de que, em meio a tantas adversidades, a comunidade da UFRJ tenha demonstrado força, determinação, consciência cívica, compromisso com os problemas do país e tenha lutado tanto para manter a instituição funcionando”, avaliou o reitor da UFRJ, Roberto Leher.

Entre os problemas que interferem na rotina das universidades brasileiras, ele destaca “cortes orçamentários, crise na Faperj e redução dos recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações a um terço do que era há dois anos”.

“O ranking é um termômetro que, neste momento, afere uma tendência importante. As universidades públicas estão pulsando, trabalhando de forma intensa e, sobretudo, a crise não as está esmorecendo”, avaliou.

Ele comemorou o fato de as melhores universidades do país continuarem sendo as públicas, destacando que produzem pesquisas e conhecimentos socialmente relevantes. Em relação à UFRJ, Leher disse que a instituição, mesmo com o cenário de crise, mantém “vivacidade acadêmica”. “É um mérito da instituição e de seu corpo social”, afirmou.

foto: Diogo Vasconcellos - CoordCOM/UFRJ