PMERJ assegura policiamento no campus até instalação do Proeis

O prefeito da UFRJ, Paulo Mario Ripper, reuniu-se no dia 12/6 com o Comando Geral da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, para assegurar a manutenção do efetivo de policiais na Cidade Universitária, enquanto são concluídas as bases contratuais para implantação do Programa Estadual de Integração da Segurança (Proeis) na UFRJ. Participaram o Comandante Geral da PMERJ, Cel. Olaviano; o representante do Proeis, Cel. Amaral; o consultor de segurança da Presidência da Petrobras, Pinheiro Neto, e Luiz Furtado, gerente de segurança da Petrobras/Rio de Janeiro.

Segundo Ripper, serão quatro viaturas e oito homens no patrulhamento do campus. Eles circularão pelas vias da Universidade, quando não estiverem estacionados em pontos estratégicos.

Ferramenta contra o crime

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) desenvolveu uma ferramenta para facilitar que veículos roubados e furtados sejam identificados e recuperados. Em um raio de 100km de distância do local do crime, o Sistema Sinal verifica se os dados fornecidos pela vítima estão corretos e repassa aos policiais para que fiquem atentos nas estradas.

A PRF alerta os motoristas para que mantenham os dados corretos dos veículos em local seguro e de fácil acesso, a fim de não fornecerem informações incorretas ao Sistema. O Sinal solicita, por exemplo, placa e modelo do carro, ou número do chassi. Apesar da ferramenta, a corporação alerta que o preenchimento da ficha não substitui a realização do registro de ocorrência em uma delegacia da Polícia Civil.

Saiba mais sobre o Sistema Sinal

Edição: Assessoria de Imprensa do Gabinete do Reitor