UFRJ e BNDES firmam acordo

A UFRJ e o BNDES acordaram nesta quinta-feira, 12/7, a assinatura de um contrato para que o Banco licite e gerencie serviços técnicos de viabilidade para a possível cessão de uso visando a melhorar o aproveitamento econômico e o uso urbano de ativos imobiliários da Universidade.

O desenho, ainda em caráter preliminar, prevê o uso, por um tempo a ser determinado, de terrenos na Praia Vermelha, na Ilha do Fundão e no Centro. As contrapartidas (os investimentos e a manutenção associada, por todo o período) se darão em termos de assistência estudantil (novos restaurantes universitários e moradias), de infraestrutura acadêmica - novos prédios no campus da Praia Vermelha e na Cidade Universitária - e de um novo equipamento cultural.

Além de estruturar uma modelagem econômico-financeira, o projeto buscará, em consonância com o plano diretor da UFRJ e em conjunto com a prefeitura do Rio de Janeiro e outros órgãos públicos relacionados, melhorar o uso e a ocupação dos terrenos da Universidade, promovendo uma qualificação urbana em termos de meio ambiente, lazer e serviços públicos, com destaque para as melhorias da Ilha do Fundão. A UFRJ também busca oferecer à cidade um novo equipamento cultural em substituição ao antigo Canecão, cuja governança será da Universidade.

O BNDES busca auxiliar os poderes públicos em um projeto que promoverá o desenvolvimento urbano do Rio de Janeiro, o aumento de investimentos, com geração de emprego e renda, e a melhoria da infraestrutura de ensino, pesquisa e extensão de uma das principais universidades brasileiras.