Nota sobre a Rádio FM da UFRJ

A Rádio FM da UFRJ é um projeto de rádio educativa em desenvolvimento através de parceira com a Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Quando entrar no ar, em 2019, será o resgate de uma dívida histórica da comunicação pública brasileira com a sua população, em especial a fluminense. Atingiremos a maior parte da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, além do alcance ilimitado pela internet, levando conteúdo educativo com a qualidade da UFRJ para a comunidade acadêmica e toda a população.

Como se trata de uma emissora educativa, o projeto prevê ainda atividades de ensino, pesquisa e extensão, em sintonia com a atual convergência das mídias e o uso, cada vez mais corrente, dos recursos da comunicação para a educação. Repudiamos todas as tentativas de associação dos investimentos acadêmicos da UFRJ nesse projeto e a tragédia ocorrida com o Museu Nacional.

Todos os recursos da Rádio foram advindos de emendas parlamentares e não têm nenhuma relação com o orçamento próprio da UFRJ, ou com emendas destinadas ao Museu Nacional. Vale ressaltar que, até hoje, foi liberado um total de R$1.340.000,00 (um milhão, trezentos e quarenta mil reais) para todos os gastos com o seu projeto de implantação, aquisição de equipamentos e adequação de infraestrutura.

Muitas universidades públicas operam estações de rádio, como a USP, a UFMG, UFES, UFC, entre inúmeras outras instituições, o que de nenhuma forma deve ser considerado como algo suspeito ou negativo para a universidade e o país. Muito pelo contrário, trata-se de um avanço na democratização da comunicação brasileira - que infelizmente ainda está longe de atingir a complementariedade prevista em nossa constituição entre os sistemas de radiodifusão público, estatal e privado.

Núcleo de Rádio e TV do Fórum de Ciência e Cultura