UFRJ convida MCTIC para comissão de reconstrução do Museu Nacional

O reitor da UFRJ, Roberto Leher, reuniu-se nesta quarta-feira, 19/9, com Gilberto Kassab, titular do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), em Brasília. No encontro, eles discutiram ações para a reestruturação do Museu Nacional e programas de pós-graduação da instituição. 

Segundo Leher, o ministro concorda que será necessário criar no Governo Federal uma linha de orçamento para o Museu Nacional. Para isso, Kassab trabalharia em articulação com os ministérios da Educação (MEC) e da Cultura (MinC). A expectativa da UFRJ é que essa possível rubrica tenha mais recursos em 2019.

“Lembramos da importância do MCTIC estar na comissão diretora de reconstrução do Museu Nacional e convidamos o ministério para integrá-la”, disse o reitor. Ele destacou que hoje os museus e prédios históricos das universidades públicas federais não possuem cobertura orçamentária. “É necessário elaborar políticas públicas para enxergar os museus e as construções históricas universitárias”, defendeu. 

Recomposição de acervo

Na reunião, a UFRJ pediu que o MCTIC destine bolsas ao Museu Nacional, para que os pesquisadores possam trabalhar na busca ativa de coleções em trabalhos de campo. Acervos de etnologia, linguística, povos nativos, coleções de invertebrados e botânica são alguns dos que precisam de recomposição. 

Leila Rodrigues da Silva, pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa, e Nadine Borges, coordenadora de Relações Externas da UFRJ, participaram do encontro com a equipe do ministério.