Ranking mantém UFRJ entre as melhores universidades do mundo

Biblioteca da FND - foto: Nathalia Werneck

O Times Higher Education (THE), ranking anual de avaliação do ensino superior, analisou mais de 1.250 instituições em todo o globo e manteve a Universidade entre as melhores do mundo. A UFRJ permaneceu no grupo que engloba as 601 a 800 melhores universidades pela terceira vez consecutiva. Mas dessa vez sua pontuação melhorou e ela subiu três posições entre as brasileiras, saindo da sétima posição dos últimos dois anos e alcançando a quarta. 

O ranking também examina os cursos individualmente. Na UFRJ, o destaque vai para Geografia, que atingiu a segunda colocação no Brasil. Os demais cursos da Universidade também foram bem avaliados: todos estão classificados como terceiro ou quarto melhores do país.

A nota final do THE é composta por cinco itens. “Citações” (influência da pesquisa) corresponde a 32,5% da pontuação. “Ensino” (ambiente de aprendizagem) e “pesquisa” (volume, renda e reputação) representam, cada um, 30%. A internacionalização (5%) e a inovação (2,5%) também integram a nota. 

A permanência estável da UFRJ no ranking mundial, mesmo com os cortes orçamentários das universidades públicas, suscita reflexões. Leila Rodrigues, pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa, preocupa-se com os efeitos da emenda constitucional 95, que prevê redução dos investimentos para educação e saúde.

“Será preciso reverter esse quadro para que a UFRJ e as demais universidades públicas continuem figurando entre as mais bem avaliadas do mundo. Esperamos que, nos próximos anos, a UFRJ possa continuar contribuindo para o desenvolvimento econômico e social do Brasil, com pesquisas e formação de pessoal altamente qualificado”, avaliou a pró-reitora.