Nota de esclarecimento

Veículos da imprensa publicaram nesta quarta-feira (7/11) informações sobre a morte de um suposto candidato à Reitoria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A Universidade informa que o processo eleitoral para a próxima gestão ainda não foi aberto e que João Ricardo Moderno sequer pertencia ao quadro de docentes da UFRJ. 

De acordo com o estatuto da Universidade, a escolha para o cargo de dirigente máximo passa por consulta à comunidade interna e, posteriormente, por deliberação autônoma dos colegiados superiores da UFRJ. A escolha do reitor ou reitora, de forma independente, pela comunidade acadêmica, está garantida pelo artigo 207 da Constituição Federal.

Reitoria da UFRJ