Coronavírus: UFRJ Macaé realiza ações no combate à COVID-19


Foto: Artur Moês - Coordcom/UFRJ

Doação de álcool 70%, impressão de máscaras de proteção e diagnóstico molecular do novo coronavírus são algumas das iniciativas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) que estão sendo realizadas no campus de Macaé. As ações, propostas pela Secretaria de Ciência e Tecnologia da Prefeitura de Macaé, têm como finalidade contribuir para a redução dos efeitos da pandemia de COVID-19 no município. As atividades tiveram início em 24/3 e contam com a participação de todo o corpo social da Universidade. 

A doação de álcool 70% destina-se a asilos e casas de repouso da região. Já as máscaras de proteção facial serão utilizadas pelos servidores da área de saúde. Elas são produzidas em uma impressora 3D do Laboratório de Robótica do Polo Universitário de Macaé. O diagnóstico molecular do vírus via PCR (Reação em Cadeia da Polimerase) está sendo realizado em parceria com o Laboratório de Virologia Molecular do Instituto de Biologia. Para a execução dos testes, a direção do Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade Nupem tem buscado parceiros para a aquisição de insumos e equipamentos. 

Além dessas ações, a Diretoria Adjunta de Assuntos Comunitários do Nupem iniciou uma coleta e distribuição voluntária de cestas básicas para os auxiliares de serviços gerais que atuam no instituto e para a associação de moradores local.

Segundo Rodrigo Nunes da Fonseca, diretor do Nupem, a atuação do instituto tem contribuído para o enfrentamento da pandemia. “O momento é de respostas rápidas pela universidade pública, baseadas na sua excelência acadêmica desenvolvida por décadas de apoio público às instituições de ensino e pesquisa. O Instituto Nupem tem conseguido atuar nas questões demandadas pelo município de Macaé, particularmente por suas parcerias de longa data com unidades de excelência da UFRJ no Rio de Janeiro, como o Instituto de Biologia.”