UFRJ se solidariza com família do adolescente João Pedro


foto: Reprodução

Nesta quarta-feira, 20/5, o Conselho Universitário (Consuni), órgão máximo da UFRJ, manifestou pesar pela morte do adolescente João Pedro Mattos Pinto, de 14 anos. João morreu durante operação das polícias Federal e Civil no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na última segunda-feira (18/5). A Delegacia de Homicídios de Niterói abriu um inquérito para apuração dos fatos. O pai de João afirma que agentes teriam chegado “de maneira cruel”.

Leia a manifestação do Consuni na íntegra:                                                

O Conselho Universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro, reunido em sessão do dia 20 de maio de 2020, vem manifestar seu profundo pesar pela morte do adolescente João Pedro Mattos Pinto, de 14 anos, decorrente de operação policial no Complexo do Salgueiro, no município de São Gonçalo.

O Conselho Universitário vem se juntar à dor dos familiares e amigos, prestar sua solidariedade e exigir as apurações que o caso requer, que vitimou, infelizmente, mais uma vez, um jovem negro e pobre de nossa comunidade.