Instituto de Nutrição da UFRJ quer saber: quem está cozinhando?

Foto: Ana Marina Coutinho (Coordcom/UFRJ)

O Instituto de Nutrição Josué de Castro (INJC) vem realizando pesquisas sobre consumo alimentar durante a pandemia da COVID-19, para compreender como a rotina das pessoas têm mudado. Uma delas quer saber quem está cozinhando e em que condições. 

Intitulada “Habilidades culinárias e consumo alimentar: mudanças com o isolamento social por COVID-19”, a investigação está voltada a qualquer pessoa que more no estado do Rio de Janeiro e tenha idade entre 18 e 59 anos. A ideia é avaliar se as pessoas sabem cozinhar, se estão aperfeiçoando as técnicas na cozinha, que tipo de alimentos e temperos usam, se preferem pratos prontos e comidas rápidas, entre outros tópicos.

A equipe que realiza o estudo, coordenada pela professora Taís Lopes, acredita que os resultados poderão subsidiar futuras ações visando à promoção da alimentação saudável. Para quem quiser contribuir com a pesquisa, basta preencher este formulário.

O trabalho foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFRJ. Para mais informações, escreva para epidemiologianutricionalufrjOBFUSCATED__EMAIL__SYMBOLgmail.com ou acesse as páginas da pesquisa no Facebook e no Instagram.