Dados abertos

Plano de Dados Abertos (PDA) 2020-2022

A UFRJ deu início ao processo de elaboração de seu Plano de dados abertos em 01 de julho de 2020, com a primeira reunião inaugural dos trabalhos, sob a presidência do Vice-reitor da UFRJ, Prof. Dr. Carlos Frederico. Nessa reunião foram confirmadas as participações dos representantes das respectivas áreas finalísticas, que foram convidados a fazer parte da Comissão do GT do PDA para que cada um pudesse contribuir com sua expertise no preenchimento das informações, bem como realizou-se a discussão do documento base e do conteúdo das planilhas atinentes a cada área.
Os critérios utilizados para priorização dos dados a serem abertos foram amplamente discutidos e algumas indicações do Grupo de trabalho estão elencadas a seguir:

  • A definição dos dados a serem abertos;
  • A análise de risco de abertura de dados protegidos por sigilo ou de caráter pessoal;
  • A estratégia definida para abertura dos dados, com respectivo plano de ação contendo atividades, produtos, cronograma, prazos, responsabilidades e responsáveis pela implementação;
  • O modelo de sustentação com as ações necessárias para o alcance e sustentabilidade dos resultados pretendidos e estrutura de governança de dados e informação estratégica da UFRJ, com sua forma de monitoramento e controle;
  • Meios de entrega da informação à sociedade e canais de comunicação e participação social, de forma a possibilitar diálogo com os consumidores dos dados abertos; metodologias, padrões e arquiteturas de dados utilizadas na coleta, catalogação, publicação e atualização dos dados abertos. Também faz parte deste PDA a exposição dos principais normativos cabíveis ao tema, correlacionados ao cenário institucional de forma a influenciar, direta e indiretamente.

O grupo de trabalho se reuniu uma vez por semana e a pauta das reuniões sempre contemplava o avanço dos trabalhos do grupo e a inserção de dados nas planilhas, para a consolidação das informações a serem disponibilizadas na consulta pública.
Foi possível contar, ainda, com a participação, em uma reunião do GT, do Auditor chefe, Marcelo Vidal, no dia 15 de julho, cujas informações extremamente relevantes foram importantes para a definição dos planos de ação e para a continuação dos trabalhos do Grupo. Nessa ocasião, o Auditor Chefe nos informou que teríamos 90 dias para a elaboração do documento e disponibilização para a consulta pública.
Portanto, será iniciada a apresentação dos dados que serão inseridos para futura disponibilização em consulta pública. Cada setor da UFRJ terá espaço para a apresentação de suas planilhas e serão discriminadas as ações e características referentes a cada um. Nesse sentido, o trabalho realizado pelo GT da UFRJ ainda está em andamento e seguirá o cronograma e as etapas divulgadas pelo documento base, em consonância com o “princípio da publicidade, transparência e eficiência, assim como a difusão de informações sob o âmbito desta instituição, de forma a promover meios para o controle social e ofertar subsídios mais qualificados à tomada de decisão por meio do compartilhamento de dados entre a Administração Pública e seus órgãos”.

Plano de Dados Abertos (PDA) 2017-2019

O Plano de Dados Abertos (PDA) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) tem o propósito de tornar públicas as ações e estratégias organizacionais que nortearão as atividades de implementação e promoção da abertura de dados, de forma institucionalizada e sistematizada, no âmbito desta instituição. O objetivo é suscitar a abertura de dados na UFRJ, visando ao cumprimento dos princípios da publicidade, transparência e eficiência. O documento ficará disponível por quatro meses no ambiente digital para avaliação da comunidade, que pode enviar sugestões de alterações do conteúdo. Essas propostas serão recebidas pelo e-mail pda@reitoria.ufrj.br até o dia 6/8/2017.

Veja aqui o Plano de Dados Abertos (PDA) da UFRJ

Notícias Relacionadas:
06/04/2017 – UFRJ divulga Plano de Dados Abertos (PDA)